Multialma

Multialma

cd-multialma-bruna-Mock-up2016

Como todo bom filme ou livro, a música é capaz de nos transportar. Viajar, neste caso, acompanhado de alguém que possa nos abrir janelas e colocar uma lupa naquilo que está quieto é um privilégio. Ouvir o novo disco da multitalentosa Bruna Caram aciona exatamente este lugar do nosso cérebro. Bruna transforma o ordinário em extraordinário, aquece a alma e amplifica os sentimentos. Chamá-la de multitalentosa não é exagero. Além de cantora e compositora, Bruna lançou um livro de poesias intitulado Pequena Poesia Passional e fará seu primeiro papel como atriz na série Dois Irmãos, da Globo. Ela propaga a ideia de “multi” logo na primeira faixa do disco, Violeta – que faz papel de vinheta para a calorosa Abrigo –, quando canta sobre a coragem de tocar uma sanfona: “Musica é luz que não gasta, tira o vazio põe sentimento. Canto porque ter voz não basta. Eu quero ser um instrumento”.

Mas para onde Multialma, o quarto álbum de Bruna Caram, nos leva? Para lugares pequenos, aconchegantes e despretensiosos, onde perduram mulheres fortes, mas que não dispensam a ironia. Em Vou Pra Rua, Bruna bate no machismo com luva de pelica. “O bom humor é minha marca registrada na vida, faltava na arte”, manifesta a cantora.

Dizer que Bruna se comunica de forma mais madura seria óbvio para uma mulher que acaba de completar 30 ciclos de vida. Mas a compositora, que antes escondia algumas de suas facetas, desta feita decidiu se mostrar inteira. O disco é um retrato dela de hoje: atriz, cantora, compositora, escritora. Por isso a capa sem legenda, sem firula, sem nada escrito. É a fotografia mais próxima da alma. “Nenhum álbum meu tem o humor e a ironia que este tem. As canções de reviravolta amorosa são paixões minhas desde sempre, mas não tinha trazido tantas à tona. Escrevi canções vigorosas, mas sem revolta”, explica.

Para traduzir fielmente suas palavras, Bruna retornou a parceria com o produtor Alexandre Fontanetti. Ele, junto a cantora, deu textura às canções, salpicaram-nas com baião, cavaquinho, sanfona, Elba Ramalho, Dominguinhos. Aliás, esta última referência registra a única música não autoral do disco. Além da Última Estrela foi a sobrevivente alheia. “Significa demais para mim gravar um sanfoneiro, nordestino, dos compositores mais geniais do Brasil, ainda mais uma faixa até então só gravada pela Maria Bethânia”, destaca.

Dos parceiros de composição, todos habitam o coração da cantora. Zeca Baleiro, Chico César, Paulo Novaes, Pedro Luís, Otávio Toledo, Roberta Sá e Duda Brack entregaram corpo e alma para estarem ente as 12 faixas do álbum. Bruna dá uma palhinha de como algumas das parcerias pintaram. “A canção com a Roberta Sá [Boa Companhia] surgiu às 6h da manhã na mesa do bar, numa autêntica noitada de amigas. A canção com Chico Cesar [Par] foi feita por e-mail e celular, eu voltando do estúdio e ele em casa.”

Para sintetizar o equilíbrio entre a fúria e a doçura que o novo trabalho de Bruna Caram carrega, ela lembra de um poema que escreveu: “‘Por que demorou tanto pra chegar essa consciência? Delicadeza também é potência’. Este poema é síntese do disco. A verdade é que não quero ganhar no grito, e entre a modernidade e a roda de choro onde nasci, a verdade é que sempre fui meio ‘classicona’. Quero que minha raiz apareça.” Com Multialma, Bruna conseguiu que sua alma chegasse ao ponto mais alto. E isso é apenas o começo.

Assessoria de Imprensa | Bruna Caram

Perfexx Assessoria | www.perfexx.com.br | Tel: (11) 2615-5045

Ana Paula Aschenbach | anapaula@perfexx.com.br

Rogério Bolzan | rogerio@perfexx.com.br

Tânia Barbato | tania@perfexx.com.br

Gabriela Carvalhal | gabriela@perfexx.com.br

Victoria Ragazzi | victoria@perfexx.com

FICHA TÉCNICA

produzido por Alexandre Fontanetti.
mixado e masterizado no estúdio Space Blues por Alexandre Fontanetti.

faixa 11 produzida por Zeca Baleiro, gravada no estúdio A Outra Margem
por Leonardo Nakabayashi e mixada por Alexandre Fontanetti.

engenharia adicional de gravação e edição por
Leandro Henrique e Marcelo Ottaviano.

foto por Priscila Prade
tratamento de imegem por Mugio Magenta

Figurino por Kamilla Silva e Marina França (Reflita-se Consultoria de Estilo)

Bruna Caram vesta Iara Wisnik e Silf+

projeto gráfico do disco por
Julia Valiengo

produção executiva por Perfexx

LETRAS E CIFRAS

ABRIGO (Bruna Caram)

intro |:A7M | D7M:|

Am                                                 E7

Mais quantas horas vou desperdiçar?

                                        Am

Não sei desistir nem esperar

                                   Fdim      Ddim      

Só vivo de amor completo

Am                                                 E7

Quantas saudades mais vou carregar?

                                        Am

Vontades vou ter que calar?

                                  Fdim      Ddim     

Só quero você por perto

Am                                               D7

E mais, eu quero inventar carnavais

                                 Am

E fúrias doçuras demais

                                     D7     E7

Deitar nesse amor incerto

                       A7M                D7M   

E você bem sabe que eu consigo

                       A7M                D7M   

Que meu laço é um bom abrigo

                       A7M                                C#7

E o que eu faço é só pra ter você no meu encantar

D7M                          E7

E aqui você se abandonar

              A7M                D7M   

E o seu lugar é aqui comigo

              A7M                D7M   

Te pertenço, te persigo

               A7M                                                C#7

Nesse abraço eu reconheço o lugar onde eu vou sonhar

D7M                          E7

Que o que nem foi vai começar

D7M E7 D7M A7M

D7M A7M

C  Dm79 G7 C

             Dm79 G7

Agora sim

                       C7M

Eu já tô bem melhor

            Dm79                G7                   Am

E tudo vem como se hoje fosse o dia:

                Am6

O mundo sendo

           F7

Crescendo

                G7                                   Am

Escancarando a luz da minha alegria

             Am6

Agradecendo

       F7

Fazendo

                   G7

O que era fraco, forte

                      C7M

O que era forte, forte mais ainda

                       Dm79

E eu posso ver

                G7                    Am

No florescer do meu cantar

                Am6

Algo me confirmar

                  Dm79

Que tudo bem

                     G7               Am

E mesmo quem só escutar

                  Am6

Talvez também queira cantar:

          Dm79

Agora sim

              G7

Eu já tô bem

           Am           Am6

Bem melhor agora

              Dm79

Agora sim

               G7

Eu já tô bem

         C

Melhor

A7M

D6           Bm          C#m

Além da última estrela

Bm              E79          F#m

Além da insensatez total

D6           Bm                  C#m

Vão as palavras mais belas

Bm             E7                    F#m

Além do fim do jardim do caos

G#o           Fm6            F#m

É uma verdade que eu vivi

G#o           Fm6            F#m

Quando tentei te acompanhar

Bm         E79             C#m

Segui a cor do teu sorriso

F#m           Bm       E79                  F#m        

E me enlouqueci sem tempo nem lugar

D6               E79         C#m   F#m

O véu da brisa passará

             Bm    E79

De manhã

             A7M

Sobre nós

D7M              E7

Vendo a cidade

C#m           F#m

Pela janela

Bm                  E7         A7M

Sei que não somos sós

Bm            E79              A7M

Mais uma vez só bastava pedir

Bm               E79      

Um tudo de mim

F#m

Por nada de mais

G#o           Fm6            F#m

Deixar meus lábios felizes assim

Bm                            E7

Falando essas loucuras

Bm            E79              A7M

Minhas palavras têm pouco a dizer

Bm               E79          F#m

Porque teu silêncio é mais

Bm               E79     A7M    F#m

Quem dera ter o prazer

                     Bm

De ser um verso

E79       A7M

Na tua voz

Gm

         D7             Gm

Que culpa tenho eu

           D7                Gm

Se você ainda me ama?

           D7             Gm

Que culpa tenho eu

                        D7

Se sou boa de copo

    Gm

Se sou boa de cama?

         F7               Gm

Que culpa tenho eu

                          D7   

Se me querem bem

                         Gm

Se ninguém é meu

G7                          Cm

Se eu sou de ninguém

F7     Gm

Veja bem

                       D7     

Não é culpa minha…

    Cm                            F7                     Bb7M

É que sem você sou bem menos sozinha

Bb6             Cm   

Tenho a alegria

D7                           Gm G7

Que antes eu não tinha

                    Cm

E em cada canto

D7                   Gm

Cada companhia

                   D7

Eu só vivo bem

                           Gm

E em boa companhia

                  D7

Eu só vivo bem

                           Gm

E em boa companhia

|D7| Gm| D7| Gm|

|C| Bb| C| Bb| C| Bb| G7|

C                    G7                    

Não perca tempo

                             Dm

Assim que for possível

Am                      G7

Faça o impossível:

F        G7     C

Dispare amor!

                         G7

Haja o que houver

                           Dm

Agarre com fervor

              F       C    C7

Quem você quer

     F

Repare

                                            C

Que a cada minuto gira o mundo

             Dm            F

E tudo pode se perder

       C

Por distração…

                 G7

Saiba correr

                               Dm

Assim que for possível

Am                       G7

Faça o impossível:

F       G7      C

Dispare amor!

                        G7

Haja o que houver

                        Dm

Agarre com ardor

F            G7      C  C7          

Quem você quer

       F

Repare

                                         C

Que o tempo corre tão ligeiro

                  Dm      F                   C

E se o amor preferir quem estiver à mão?

                G7

Saiba correr:

  

                       Dm

Agarre por favor

          F   G7       C

Quem você quer

         Am

Compare:

                                   F

Muito mais vale atrevimento

G7                         C

Que arrependimento

                         G7

Haja o que houver

                     Dm

Agarre por favor

F    G7           C Am

Quem você quer

                        Dm

Agarre com amor

F      G7                C Am

O que você quiser

                    Dm  F  G7 C Am

Agarre com amor

                        Dm

Agarre meu amor

F         G7      C

Que você quer

              Bbm

Nem pensar

                                                   F7

Você vem bem quando eu cheguei

A escapar

                                             Bbm

Do seu amor que eu mal provei

           Cdim                F7      Bbm

Vou beijar a hora de te conduzir

           Cdim                F7            Bbm

Ao lugar onde eu chorei e desisti

             F7                 Bbm

Tanto amar desperdicei

           F7               Bbm

Pra variar dissimulei

          F7                        Bbm

Vem cá que hoje eu já sei

         F7                                 Bbm

Vou me vingar de tudo que penei

F7                       Bbm

Vem, vem já pra cá

Cdim    F7                   Bbm

Receber o que eu vou derramar

F7                       Bbm

Vem, eu já mandei

Cdim                 F7                  Bbm

Vou me vingar de tudo que penei

         E                     B7

Eu quero é te botar banca

           C#m

Botar pilha

                E

Ser teu par

A         E

De quadrilha

B7                E

Teu par de lençol

          E

Eu quero

                 B

é ser tua ilha

         C#m

tua areia

            A

Ser sereia

          E

Teu mar

B7         E  E7

Teu anzol

         A          E

Em troca só peço

B7              E

todo santo dia

A                  E

Tua companhia

B7                        E

Pra olhar o por-do-sol

                             B7

Eu quero é cair no baile

          C#m

ser tua trilha

              E

Teu rouxinol

A           E

Tua poesia

B7            E

Teu girassol

                          B7          C#m     

Eu quero tua alegria, tua teia

               A              E

Ser tua ceia, teu ar

B7        E   E7

Teu farol

          A          E

Em troca só peço

B7                 E

todo santo dia

A                  E

Tua companhia

B7                            E

Pra olhar o por-do-sol

F#m                                             E

E que da gente a vida seja um dia de calor:

F#m                                             E

leve, sem nostalgia, só bom humor

F#m         A                             B7           E    E7

Beijo no pescoço, dinheiro no bolso e amor

         A        E

Em troca só peço

B7                E

todo santo dia

A              E

Tua companhia

     B7                     E

Pra olhar o por-do-sol

A          E        B7          E

Todo dia teu par de lençol

A          E        B7          E

Tua companhia, meu lugar ao sol

A          E        B7          E

Alegria ser teu anzol

A          E        

Tua armadilha

B7                      E

Teu par de lençol

D7M                    

Pra te esquecer

                     Bm

Ainda tenho tanto a fazer

                G7M      Gm6

Desaparecer e penar

                      D7M           G/B  A/C#

Tempo pra fazer dispersar

D7M               

Pra te esquecer

                          Bm       

Não chorar não rir não ceder

                            G7M     Gm6

Não sonhar não obedecer

                        D7M        D/F#

Quando o coração reclamar

G7M           Gm6

Só resta aqui

                           D7M       Bm

Tudo o que não é pra sentir

                       G7M         Gm6

E a saudade vai se cumprir

                      D7M        D6

Esperando a sorte chegar

G7M                   Gm6    

Tudo o que me resta é ver

                           D7M                  D6

O tempo quase escapar por um fio

                    G7M                        Gm6

E de onde você partiu eu vou começar

D7M              

Pra te esquecer

                       Bm

Vou cantar sem ser pra você

                         G7M         Gm6

Vou compor sem te oferecer

                     D7M        D/F#

Deixar só a vida escutar

[Só resta aqui…]

   D7M     

E vou te esquecer

                        Bm

Despertar antes de sofrer

                 G7M             Gm6

Decorar antes de aprender

                                      D6              

Renascer depois que passar

                                  A

Amar não tem condição

                                Bm

Você quer ir, eu não vou chorar

E                                    D

Eu não falei mas tá na cara:

E                                          A   E7

Não exigir não é se convencer

                                  A

Não tem razão pra insistir

                               Bm

Eu vou sair sem me lamentar

E                                    D

O que eu te dei não se compara

E                                                   C#7

Com o seu tão pouco corresponder

      D

E agora

E7                 A A7

Tão fora de hora

D               E7         A  A7

Eu quase indo embora

D           E7       A

E você me encara

           A7      Bm

De repente fala

             E7        A    A7

Não vai mais fugir

D                      A  A7

Como pode agora?

D                E7          A    A7

Quase no fim da história

D            E7        A   

Você se escancara

      A7          

Finalmente fala:

D E7        A

Amar é agir

G

Música é

C                    G

Luz que não gasta

                D

Tira o vazio

                   G  D

Põe sentimento

                G

Canto porque

C             G

Ter voz não basta:

           D7                              G  C G   D7 G

Eu quero é ser um instrumento.

|: Am| G |F | E7 |Am| G| F | Fdim 😐

Am              G

Se quiser ir

             F

Pode ir

                    E7

Por mim, não vá se preocupar

Am     G         F

Não vá, não vá…

Fdim

Am                G                        F

Como qualquer um que se ferir

                E7

Eu vou chorar, sim

Am                  G                  F

Mas qualquer um que se feriu

              Fdim

Pode sarar,

viu?

Se quiser ir,

pode sumir

Eu já cansei de tentar te recompensar

Vá!

Sem você aqui pra reprimir

Eu vou voar sim

Pois quem não sabe aplaudir

Não sabe amar,

viu?

 

Dm  

Não ouso te impedir:

Am

Pode ir

Dm

Até melhor,

               Am

Agora eu vou me permitir esperar

Dm

Foi lindo de sentir

Am

Vai ser lindo de lembrar

Dm                         Am

Só não venha se despedir

F                         E7

Que eu prefiro acreditar

 

Am              G        F

Que a vida vai pedir

      E7

e você vai querer voltar

Am              G        F

Você vai pedir

              Fdim

E a vida não vai

Am              G        F

Se quiser ir se destruir

               E7                       Am         G        F

Não vou nem chegar pra te salvar, saudar…

Fdim

Am                 G                 F                   E7

Nada como ver alguém partir e não prever fim

Am                         G                 F

Pois quem mais faz que vai sumir

                  Fdim

Mais quer ficar,

viu?

Dm             

Não ouso te impedir

Am

Pode ir!

Dm

Melhor que vá

               Am

Agora eu vou me permitir esperar

Dm

Foi triste de sentir

Am

Vai ser triste de lembrar

Dm                         Am

Só não venha se despedir

F                          E7

Que eu consigo adivinhar

Am              G        F

Que a vida vai pedir

             E7

E você vai querer voltar

Am              G        F

Você vai pedir

              Fdim

E a vida não vai

| D | D6| D | D6|                  

    D7M                                         D6                                             

Eu cansei de ter medo de ficar sozinha

                  Em  A7

De sair da linha

                     D7M                      D6

Dar uma palhinha, mudar de astral

        D#dim                                    Em                                       

Cansei de viver um amor desconfiado

                             A7

Que só muda de lado

                     D7M                         D6

Que só vê pecado onde é carnaval

Em                                A7            D7M      D#dim

Pra quê alguém que vive me cobrando?

                       Em  A7

Que vive podando

                  D7M                        D6

Depois recua e diz que jura e jura

Em                       A7                D7M       D6

Que não vai mais viver me controlando

                         Em

Vive me tesourando

A7                           D7M

Larga a minha cintura

             D#dim

Se situa            

                                    Em  A7

Se eu quiser vou pra rua…

                                 D7M  D6

Se eu quiser eu vou nua…

                                     Em

Se eu quiser vou do avesso…

                    A7                   D7M D#dim

Eu não obedeço a sua censura

                                   Em   A7

Se eu quiser vou pra rua

                                  D7M D6

Se eu quiser vou pra lua

             Em

E te proíbo

                  A7

de pedir recibo

                   D7M D6

da minha soltura

                                        Em   A7

Minha luz não me incrimina

                         D7M

é de mais ninguém

        D6                         Em A7

Melhor que aceitar a sina

               D7M  D#dim

É olhar além

                                   Em  A7

Não vou viver clandestina

                    D7M

Nem virar refém

        D6                            Em

Só o meu querer me domina

          A7                D7M   D#dim

E eu sei querer bem

[Se eu quiser eu vou pra rua…]

                   Em A7

Eu vou pra rua

                D7M D6

Não tumultua

                 Em

fica na sua

         A7                   D7M D6

Que mal nenhum tem   

Solidão não é defeito

Pra quem anda aliviado

Eu não aceito jaula e cadeado

Eu vou, não é por despeito

Eu vou, porque você tá errado

Eu vou, porque não tem jeito de ser feliz

Sendo rastreado

[Se eu quiser eu vou pra rua…]

[Eu sou pra rua…]